Gamificação nas empresas: como entender e implementar a estratégia

Gamificação nas empresas: como entender e implementar a estratégia

O engajamento entre os funcionários, equipes e áreas de uma empresa é um tema cada vez mais recorrente. Afinal, muitas instituições acreditam que a qualidade das entregas, planos de ação e atividades está associada ao nível de interesse e comprometimento dos seus colaboradores, e não apenas ao alcance de metas e prazos de entrega.

Dentre as principais estratégias que visam esse engajamento, a gamificação nas empresas (ou gamification) está cada vez mais em voga, sendo adaptada de acordo com a rotina da instituição, tipos de atividades e principais dores.

Para entender melhor sobre a gamificação nas empresas, conhecer o plano de ação e saber como implementar, confira algumas informações e comece já sua estratégia!

O que é gamificação nas empresas?

O conceito de gamificação vem do termo em inglês gamification, uma referência aos games, ou seja, jogos eletrônicos populares.

Essa estratégia pode ser aplicada tanto nas atividades entre empresa e cliente quanto em ações internas entre as áreas, prevendo o uso de instrumentos mais lúdicos na rotina dos funcionários.

Dentre esses instrumentos, alguns exemplos são as apostas em badges, medalhas de premiação, recompensas após missão ou desafio e placares de pontos. Outros usos são as aplicações do gamification em itens palpáveis que mudam a rotina do funcionário, como óculos de realidade virtual, jogos entre os colaboradores em ações como treinamento e entregas ou mesmo momentos lúdicos, como noites de confraternização.

Todas essas opções motivam o trabalho do colaborador e o aproxima de seus colegas e visão da empresa, aumentando o tão esperado engajamento.

Como aplicar a gamificação?

Ao contrário do que muitos pensam, a gamificação nas empresas não precisa ser feita apenas em grandes instituições. Cada lugar pode adaptar sua rotina para alguma estratégia previamente planejada, ajudando no dia a dia de todos.

Para isso, comece com alguns pontos como:

1- Entenda os momentos de melhoria

A gamificação é uma estratégia para melhorar as atividades internas, assim, antes de qualquer mudança é preciso entender quais as dores do lugar e suas prioridades.

Assim, comece pontuando as possíveis melhorias da instituição e os principais problemas, definindo as prioritárias com base nesse levantamento.

2- Pontue soluções

Depois de entender os problemas, cada questão pode ser pensada individualmente, listando quais poderiam ser as estratégias para aquele ponto. Nessa etapa ainda não é necessário pensar em gamification, mas em ações que solucionam o problema.

Além disso, uma possibilidade é considerar em mais do que uma estratégia, abrindo um leque de possibilidades com um objetivo em comum: sanar o problema e melhorar as ações da empresa.

3- Pense em gamificação a partir das propostas

Por fim, para que a gamificação seja implementada, basta aproximar as soluções do item anterior com possibilidades de gamificação. Ou seja, se a solução é fazer com que os funcionários utilizem corretamente uma ferramenta, uma possibilidade é fazer um workshop com instrumentos lúdicos que incentivem o uso da ferramenta e mostrem como trabalhar com o programa.

Outro exemplo é o uso de blocos de montar para visualizar planos de ação entre equipes, mostrando para todos qual trabalho é responsabilidade de cada grupo e como essas atividades se interligam.

Essas opções são apenas sugestões para que a gamificação nas empresas seja proveitosa, porém, há muitas ferramentas e ideias que podem surtir efeito positivo, basta alinhar as expectativas da instituição com a proposta do game.

Gostou das informações sobre gamificação? Quer receber mais conteúdo informativo e de qualidade? Assine nossa newsletter e aproveite!

Gamificação nas empresas: como entender e implementar a estratégia

PH Softwares

A PH Softwares é uma empresa constituída pelas áreas de desenvolvimento, testes, suporte e administração e está permanentemente mudando e se modernizando para manter-se atualizada e conectada às expectativas e exigências do mercado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *