5 fatos para considerar ao implantar um plano de cargos e salários

5 fatos para considerar ao implantar um plano de cargos e salários

Todo colaborador deseja crescer dentro da empresa que atua, ampliando suas competências e, é claro, sua remuneração. No entanto, a empresa precisa estar preparada para oferecer essa trajetória e um plano de cargos e salários é a maneira correta de concretizá-la.

Para grandes empresas e corporações, a aplicação de planos de cargos e salários já é uma realidade; inclusive, em algumas empresas, essa prática foi adaptada e usa-se planos de cargos e carreiras. No entanto, para as empresas em crescimento, apesar de parecer uma realidade um pouco distante, pode ser importante trabalhar, desde o início, com essa conduta.

Então, para quem está começando, ou até mesmo para quem quer revisar a aplicação do plano de cargos e salários da sua empresa, selecionamos 5 fatos que devem ser considerados ao implantar um bom plano. Confira!

Benefícios com a criação do plano

Como toda mudança no âmbito empresarial (e fora dele), é preciso que ela venha acompanhada de um benefício. Caso contrário, nada justifica sua existência. Por isso, é extremamente necessário que você tenha em mente quais as vantagens – tanto para os colaboradores quanto para a empresa.

Tenha em mente como essa iniciativa pode incentivar os talentos e aumentar a produtividade de todos.

Baseie-se em metodologias

Sem planejamento e estratégia, sua ideia está fortemente fadada ao fracasso. Cada passo desde a estruturação, a implantação e a análise deve ser previamente estudado para minimizar os riscos.

Muitas vezes é difícil implementar novas práticas porque os colaboradores temem as consequências “do novo”. Mas, se você mostrar a eles que tudo virá para o melhor, preparando-os para receber e inserindo-os nesse processo, a aceitação acontecerá mais naturalmente.

Conte com quem entende!

Uma visão externa trará a solução de problemas que não eram identificados internamente. Uma empresa especializada em consultoria, que examine a atual situação da sua empresa, que reúna diferentes opiniões e que trace de forma conjunta com a diretoria e os colaboradores um plano, com certeza, fará um trabalho muito melhor.

Além disso, a empresa estará lado a lado, analisando os resultados e ajustando os erros de percurso.

Faça um panorama dos cargos e funções atuais

Só se sabe onde e como chegar, se você souber onde está atualmente. Você precisa conhecer os cargos que sua empresa possui, as competências das pessoas que são responsáveis por eles para, então, poder delimitar o que pode ser agrupado, o que deve ser extinguido e, ainda, o que precisa ser criado.

Mãos à obra!

Por fim, é preciso definir as partes práticas do projeto, delimitar como o funcionário avançará em sua trajetória para desfrutar dos benefícios do plano. Também é preciso que a empresa deixe claro o que é esperado que o colaborador desempenhe em cada etapa.

Vale ressaltar que avaliações de desempenho podem ser um ótimo instrumento de análise de resultados e, até mesmo, de novas ações.

Gostou desse post? Então, confira também 4 dicas para você avaliar o desempenho da sua equipe!

5 fatos para considerar ao implantar um plano de cargos e salários

PH Softwares

A PH Softwares é uma empresa constituída pelas áreas de desenvolvimento, testes, suporte e administração e está permanentemente mudando e se modernizando para manter-se atualizada e conectada às expectativas e exigências do mercado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *