Como planejar o calendário de férias sem atrapalhar a produtividade da sua empresa

Como planejar o calendário de férias sem atrapalhar a produtividade da sua empresa

Grande ou pequena, toda empresa funciona como uma engrenagem: cada funcionário ou colaborador é peça-chave para que o sistema funcione, portanto a falta de uma das partes pode representar um grande problema. Para isso, a programação do calendário de férias precisa ser cuidadosamente pensada.

Sem programação sua empresa tende a enfrentar sérios transtornos que podem acabar influenciando negativamente na imagem ou até na lucratividade. Ou seja: o período de alegrias para o funcionário vai se transformar no pesadelo do patrão.

Para fugir desse sufoco, a dica é fazer um bom planejamento, já no início do ano. Sendo assim, que tal aproveitar o primeiro mês de 2016 pra definir as férias da sua equipe? Separamos algumas dicas importantes para te ajudar nesse trabalho. Confira!

Crie um calendário de férias

Ao criar o calendário de férias você deve levar em consideração as necessidades da empresa. Nos meses em que a demanda de trabalho é maior, o ideal é que toda equipe esteja presente. Assim, o ritmo de produção e qualidade vai continuar, sem sobrecarregar uma ou duas pessoas.

No entanto, antes de finalizar a programação, a dica é consultar a equipe. Talvez o período estipulado para um funcionário seja diferente do que ele planejava. Aí vale a conversa e a negociação para que ambas as partes saiam satisfeitas.

Treine funcionários para diferentes funções

O mercado está exigindo profissionais cada vez mais multicapacitados; é preciso saber fazer de tudo um pouco e você, empresário, é fundamental nessa etapa. Incentive seus colaboradores a conhecer e aprender a executar outras funções do setor.

Dessa forma, quando um dos colaboradores entrar em férias, você terá outras pessoas qualificadas na equipe para suprir a demanda.

Reserve um orçamento para contratações

Capacitar funcionários para outras atividades é uma boa opção, no entanto, certas situações podem exigir a contratação de novas pessoas durante o período de férias de alguns funcionários. Esse gasto deve estar incluso já no calendários de férias e no orçamento da empresa para evitar imprevistos.

Planeje as despesas

Quando o cronograma de férias for executado, as despesas e adiantamentos a serem pagos aos funcionários também devem ser contabilizados. Além do salário adiantado, o trabalhador também tem direito a mais um terço do salário.

Nessa planilha, o empregador deve incluir também as despesas com funcionários que vendem os 10 dias de férias. São ações simples, mas que garantem a organização e o bom andamento da empresa.

Esse post foi útil para você? Então leia também “3 motivos para você investir em um software para o RH da sua empresa“.

Como planejar o calendário de férias sem atrapalhar a produtividade da sua empresa

PH Softwares

A PH Softwares é uma empresa constituída pelas áreas de desenvolvimento, testes, suporte e administração e está permanentemente mudando e se modernizando para manter-se atualizada e conectada às expectativas e exigências do mercado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *